Blefe inteligente no Poker

0

Vamos falar de um t ema importante. Em um recente jogo, $1/$2 NLHE Full Ring, eu abri com $6 em posição média, com As-Qc. Um jogador ligeiramente fraco – mas regular – pagou no botão, o small blind foldou e o big blind – um jogador bem fraco – pagou também. Eu pus o big blind em um range super tight de pocket pairs, assim como alguns connectors como 6-7 ou 8-9. O botão tinha um range maior para pagar e suas mãos incluíam pares até T-T, cartas figuradas e alguns suited connectors. Quando o flop veio 9h-3d-2s eu sabia que iria betar.

O conceito chave quando se usa o c-bet no flop é que você deve seguir e apostar de novo em muitos turns. O big blind deu check e eu apostei $15. O botão pagou e o big blind foldou. Neste ponto eu coloquei o range do botão em trincas, assim como muitas mãos especulativas como 9-x suited e 77, ou qualquer outra mão com a qual ele fosse blefar mais a frente.

Continuando a história
O turn foi o Jd. Eu decidi betar, já que essa podia ser uma carta forte contra qualquer pequeno par que o vilão pudesse estar segurando, e era uma overcard no bordo caso ele tivesse uma mão como A-9 ou T-9. Além disso, era improvável que ela tivesse melhorado a mão de meu oponente. Antes de apostar no turn, no entanto, eu conferi todas as mãos que eu estava representando apostando duas vezes, e como elas poderiam continuar caso fossem pagas. Eu acho que meu possível range de bet no turn seria 9-9+, A-9, A-J, J-J, Q-J, 2-2 e 3-3.

Há também alguns semi-blefes em meu range, como K-Q e Q-T. Não há muitas mãos com as quais eu poderia ter perdido completamente este bordo e isso é importante. Então eu apostei $34. O botão pensou um pouco e pagou. Neste ponto, eu pensei que ele quisesse se segurar com a parte fraca de seu range, e me colocando em uma espécie de blefe (igual ao que eu estava mesmo fazendo) ou semi-blefe. Eu acho que a trinca e dois pares de seu range estariam dando raise no turn.
O river foi o Kd – A carta perfeita para meu range. Eu apostei $70. Isto é bem consistente, como uma aposta que eu faria por valor. Minha mão pareceu forte em todas as streets e meu histórico demonstra que estou jogando uma mão como Q-T, uma trinca ou K-Q. O vilão pensou rápido e foldou.

Pense retroativamente

Pensar por toda a mão através da perspectiva de seu oponente e seu range é o que permite os grandes jogadores de poker executar o que parece ser um blefe absurdo e fazer calls corretos. A chave é confiar em seus instintos nestas situações e usar a lógica. Muitos jogadores fracos creditarão apenas AK a seus oponentes quando considerarem um blefe. Não seja um desses jogadores que falha em pensar ativamente em todas as possibilidades de mãos em um range.
Seja um jogador com pensamento crítico sobre todas as situações, e sempre pense como sua jogada está parecendo aos olhos de seu oponente. Você começará a notar discrepâncias nos jogos de seus oponentes que variam entre “Ele está blefando” ou “Ele sempre tem uma mão forte”. Você se tornará uma oponente bem mais difícil de enfrentar se pensar retroativamente, enquanto seus oponentes terão grandes problemas ao tentar decifrar quais mãos são blefes e quais são value bets.

Temos um presente para si! Faça já o download do meu novo ebook (oferta limitada):

Share.

About Author

>